Rede Gospel, da Igreja Renascer em Cristo, demite funcionários durante a pandemia

Os líderes da Igreja Renascer em Cristo, bispos Estevam e Sônia Hernandes, viraram notícia esta semana por causa de algumas demissões ocorridas na Rede Gospel, emissora mantida nominalmente pela Fundação Evangélica Trindade.

Segundo a coluna do jornalista Ricardo Feltrin, o casal Hernandes seria o mantenedor da Fundação e, por consequência, seriam os responsáveis pela decisão de demitir cerca de 15 funcionários da Rede Gospel durante a pandemia do novo coronavírus.

Outros funcionários da emissora poderão ser demitidos nos próximos dias, segundo o jornalista. Isto seria resultado das dificuldades enfrentadas pela Renascer em Cristo durante o período de quarentena, uma vez que a doação de recursos para a denominação teria caído pela impossibilidade da realização de cultos presenciais.

“Eles [os funcionários] acreditavam que durante o período atual haveria apenas redução de salários (cuja média é relativamente baixa para os padrões das TVs), e que fariam uso das medidas do governo para poder recuperar uma parte do que seria perdido”, afirmou Feltrin.

“No entanto, com pouco mais de três semanas de pandemia, a Renascer já tomou a decisão”, destacou.

Rede Gospel

A emissora Rede Gospel foi fundada em 1996 e é um canal aberto que transmite em sinal UHF e também digital, além de estar presente da grade de canais de provedores de TV pagos.

O casal Estevam e Sônia Hernandes são vistos como algumas das principais lideranças evangélicas do país que apoiam o atual governo, precisamente a figura do presidente Jair Bolsonaro.

Envolvidos em polêmicas no passado – como uma prisão nos Estados Unidos pela entrada não declarada de 56 mil dólares -, o casal Hernandes saiu em parte do protagonismo gospel nacional durante esse período, mas vem retomando força nos últimos anos, especialmente por defender a “onda conservadora” que surgiu no país entre 2013 e 2018.

“Eu não acredito que esses políticos tenham a capacidade de transformar a sociedade brasileira. Obviamente nós temos mais conservadores do que liberais, e nesse aspecto o bloco evangélico sempre deverá ser mais conservador por causa dos seus princípios bíblicos”, falou Hernandes em outra ocasião.

Fonte Gospel Mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: