‘É só pela graça de Deus’, diz lutadora após conquistar medalha de ouro em Tóquio

Uma lutadora norte-americana conquistou a medalha de ouro no wrestling nas Olimpíadas de Tóquio e agradeceu a Deus pela oportunidade de praticar o esporte e representar seu país.

Tamyra Mensah-Stock recebeu sua medalha de ouro na última terça-feira, 03 de agosto, após derrotar a nigeriana Blessing Oborududu por 4 a 1 nas finais do estilo livre feminino de até 68kg.

Ela se tornou a segunda lutadora dos EUA a conquistar o ouro no wrestling – conhecida no Brasil como “luta greco-romana” – numa Olimpíada, sucedendo Helen Louise Maroulis na categoria 53kg nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016.

“É só pela graça de Deus que sou capaz de mover meus pés. Como se eu simplesmente deixasse nas mãos d’Ele, e oro em todo treinamento sofrido que os meus frenéticos treinadores me colocam para cumprir. E cada vez que isso acontece, e eu fico cada vez melhor e é tão estranho que não há limite para o limite do que eu posso fazer”, afirmou Tamyra.

De acordo com informações do portal WND, Tamyra Mensah-Stock tem 28 anos e participou de uma olimpíada pela primeira vez. O caminho até Tóquio não foi fácil, mas ela conquistou o maior feito de sua carreira até aqui.

“Houve muitos momentos [estressantes] e eu apenas tentei manter a calma, mas era impossível. Sinceramente, não sei como consegui, apenas dizia aos meus treinadores ‘Estou nervosa, estou com medo’ e, sim, isso foi um insight, não foi fácil”, afirmou a lutadora.

Quando suas lutas começaram, na segunda-feira, Tamyra superou quatro oponentes, incluindo a medalhista de ouro das Olimpíadas do Rio Sara Dosho na categoria até 68 kg, por uma pontuação combinada de 34-5.

Em uma entrevista após sua vitória final, ela não conseguiu conter as lágrimas de alegria por sua extraordinária vitória: “Estou me sentindo muito feliz e tento não chorar, mas acabo chorando. Só quero entrar em um quarto escuro e chorar”, disse ela, antes de bater na mesa e soltar o grito de vencedora: “Eu consegui!”.

Fonte Gospel Mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: