Flordelis admite que Filha Biológica mandou Matar Pastor e nega tentativa de Suicídio

Aos poucos, os detalhes mais complexos do assassinato do pastor Anderson do Carmo vão sendo esclarecidos. Flordelis, que antes rejeitava a hipótese de envolvimento dos filhos, agora já admite que sua filha biológica teve papel crucial no crime. Ela também negou uma suposta tentativa de homicídio.

A deputada federal concedeu entrevista e falou sobre o depoimento de sua filha biológica, Simone dos Santos, que admitiu ter repassado R$ 5 mil para a irmã adotiva, Marzy Teixeira, para que ela providenciasse a execução do padrasto, que supostamente abusava dela sexualmente em troca de um tratamento contra o câncer.

Nos anos 1990, quando ambos eram adolescentes, Simone e Anderson tiveram um relacionamento, antes dele se envolver com Flordelis.

“Na verdade, eu não esperava o depoimento da minha filha. Eu até hoje estou muito abalada. Foi algo que veio como um terremoto muito mais forte na minha vida. Até hoje não consegui ouvir na totalidade”, disse Flordelis sobre o depoimento.

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, contextualizou.

Em seguida, a deputada federal aproveitou para negar que tivesse tentado cometer suicídio. Em 23 de fevereiro, ela foi internada às pressas por ingestão de uma grande quantidade de remédio.

“Naquele momento, fui para o meu quarto de oração e queria apagar. Eu queria dormir por alguns dias. Eu queria esquecer por um momento tudo o que eu estava vivendo, tudo o que eu estava passando, para ver se aliviava um pouco a dor que eu estava sentindo. É uma dor que dilacera a alma”, relatou.

Convivendo com o inimigo

Em sua versão, Flordelis nega que tenha tido qualquer envolvimento com o planejamento e execução do crime, e acrescenta que custou a admitir a realidade: “Eu nunca ia acreditar, mesmo tendo uma trama de morte antes, que os assassinos do meu marido estariam dentro da minha casa”, disse.

Essa trama referida pela parlamentar são as nove tentativas de homicídio cometidas contra Anderson do Carmo. Em 2019, o pastor teria tomado conhecimento dos planos e reunido a família para resolver a situação. Na ocasião, Marzy era a figura em torno de quem se concentravam as acusações.

“Eu queria muito que ele fosse para a delegacia comigo. Ele disse: ‘Você hoje é uma deputada federal. Eu sou um pastor renomado. Nós lutamos muito e não quero o nosso nome exposto. Deixa que eu vou resolver’”, contou Flordelis, no programa Conversa com Bial, da TV Globo.

“Houve um arrependimento. Houve uma conversa, uma reunião. Ele mostrou as mensagens para todos os filhos mais velhos. Todos sabiam da trama. Alguns amigos pessoais também sabiam. Houve uma reunião, houve pedido de perdão, houve fala de arrependimento. Meu marido fez a oração. E ele disse: ‘Acabou. Não quero mais esse assunto. Nem dentro nem fora de casa’”, acrescentou ela.

“Traste”

Um dos pontos que pesam contra a parlamentar são mensagens enviadas por seu celular. À época, Anderson do Carmo quis descobrir quem seria o autor, e Flordelis sempre negou te-las escrito. Em uma delas, o texto diz: “Até quando vou ter de suportar esse traste?”.

“Tudo o que está acontecendo é de forma covarde, absurda, revoltante. Está mais do que provado  que houve uma trama envolvendo alguns dos meus filhos. Mãe nenhuma tem que pagar pelos erros dos filhos. Mãe nenhuma tem que passar pelo que estou passando”, afirmou.

Em sua defesa, Flordelis pontua que muitos filhos e alguns funcionários possuíam a senha de seu aparelho, visto que precisava de ajuda para lidar com agenda de shows como cantora gospel pentecostal.

Cassação

Embora muitos analistas políticos considerem que Flordelis tem seu destino de perda do mandato consolidado, a parlamentar não jogou a toalha: “Estou me defendendo. Estou buscando ajuda para me defender. Há um pedido de cassação do meu mandato. Não acredito que isso vá para frente. Vou fazer a minha defesa falando a minha verdade”, declarou.

Fonte Gospel Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: